Assistência Social

ASSISTÊNCIA

Creas resgata idoso em situação de abandono na Vila Vitória

Aposentado foi encaminhado à Associação Lar São Francisco de Assis

Publicado em: 09/01/2018 por Léo Costa

Secretaria de Desenvolvimento Social

Creas resgata idoso em situação de abandono na Vila Vitória

Idoso de 89 anos foi encaminhado ao Lar São Francisco de Assis (Foto: Léo Costa)

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), unidade veiculada à Prefeitura de Imperatriz, resgatou na segunda-feira, 8, um idoso abandonado pelos seus cuidadores. Aos 89 anos, Estevão Pereira da Silva foi deixado sem companhia em uma casa na Rua 36, nº 32, Vila Vitória. Além da idade avançada, o aposentado também é deficiente visual, cardiopata e desde então estava sem tomar a medicação.

“Há vários dias estava sozinho. Sem comer direito e sem tomar meus remédios. Estava abandonado” - relatou Estevão Pereira. De acordo com informações de populares, repassadas à coordenação do Creas, um homem identificado por Rodrigo, conhecido por Major, seria o cuidador do idoso, mas não era visto no bairro há mais de 10 dias.

“Assim que a informação chegou ao Creas tomamos as medidas cabíveis. Encaminhamos seu Estevão ao Lar São Francisco e registramos uma ocorrência na Delegacia do Idoso para que seja aberto inquérito policial” – informou Jucilene Reis, coordenadora do Centro. Dessa forma, a pessoa que tinha o idoso sob seus cuidados será responsabilizada.

Na Associação Lar São Francisco de Assis, Rua Pará, 867-957 - Nova Imperatriz, o aposentado foi recebido pelo presidente da entidade filantrópica, Francisco Pereira Lima. “A exemplo dos demais, ele (Estevão) terá cuidados especiais. Por que primamos sempre pela qualidade de vida dos idosos” - ressaltou.

No Brasil existem mais de 21 milhões de idosos, conforme estatísticas do Ministério da Saúde. O número dobrou nos últimos 20 anos, e há previsão de que chegará a 32 milhões em 2025, quando se tornará o sexto país com maior população idosa do mundo.

Com isso, cresceram também os casos de abandono, crime que pode render até 16 anos de prisão para quem o pratica. Além dele, também estão previstos em lei os crimes de maus tratos, apropriação de bem de idoso, negligência/omissão na assistência ao idoso, discriminação de pessoa idosa, ameaça, injúria, lesão corporal, perturbação da tranquilidade e estelionato. Art. 133 do Código Penal - Decreto Lei 2848/40.

Assistência Social

Apaixone-se por Imperatriz