Blog

Nossa Gente

Katilane Cabral: professora e apaixonada por Imperatriz

Publicado em: 29/05/2017 por Luana Barros

Secretaria de Educação

Nesta segunda-feira (29 de maio) comemora-se o Dia do Geógrafo. No Brasil, a profissão foi regulamentada por lei nos anos 1970 mas, mundialmente é considerada uma das mais antigas disciplinas acadêmicas da história da humanidade.

Nascida no Estado do Pará e conquistada pela Geografia desde quando estudava a quinta série, atual sexto ano do Ensino Fundamental, Katilane Cabral dos Santos costuma falar que é professora de geografia por convicção e por paixão.

Chegando em Imperatriz há 23 anos, ela logo se identificou com a cultura nordestina da cidade pois é descendente de baianos. Com 40 anos, KatI, como é chamada por amigos e colegas de profissão, é professora há 25 anos e há 15, leciona Geografia no Centro Educacional Madalena de Canossa (Parque Senharol), que integra a rede municipal de ensino de Imperatriz, nos turnos manhã e tarde.

“Geografia é uma ciência que busca compreender as transformações ocorridas no espaço, que faz uma abordagem crítica a respeito da convivência e da interação desse homem no meio que o cerca e nas relações que o mesmo constrói. Para mim, Geografia é compreender os encantos da vida e dos seres que a compõe”, explica. 

Kati relata ainda como a cidade lhe conquistou. “Tenho um caso de amor e gratidão com Imperatriz. De amor porque me sinto acolhida nessa cidade e, gratidão, porque foi aqui que eu me encontrei e fiz faculdade. Foi o povo do Maranhão que me proporcionou a graduação, pois sou oriunda do curso de geografia da Universidade Estadual do Maranhão”.

Ela acrescenta como a Geografia esta presente na vida das pessoas e dela como profissional. “As raízes da ciência geográfica estão presentes em meu cotidiano. O profissional da geografia precisa ser observador o tempo todo, ele precisa compreender as relações existentes no espaço e sistematizar toda essa observação na sua prática pedagógica”.

Durante a entrevista, Kati falou sobre a rotina pedagógica que desenvolve com os alunos. "Além das aulas expositivas, seminários e outras ações comuns à rotina escolar; desenvolvemos diversas atividades que envolvem ações e pesquisas fora da sala de aula, como a Feira das Nações que realizamos todos os anos". 

Além da docência, o profissional formado em Geografia atua em diversas áreas de pesquisas e produção acadêmica: Geografia Urbana ou Agrária, Geopolítica, Demografia, Geografia Econômica, Cultural, de Religião, Turismo, Geomorfologia, Climatologia, Cartografia e Hidrografia- Hidrologia.

Nossa Gente

Apaixone-se por Imperatriz