zoonoses

RESPONSABILIDADE

Zoonoses capturou 23 cavalos em apenas dois dias

Decreto reajusta valor da multa para proprietários de animais soltos em vias públicas

Publicado em: 23/02/2018 por Maria Almeida

Secretaria de Saúde

Zoonoses capturou 23 cavalos em apenas dois dias

Só em 2017 foram 380 animais capturados e 86 de janeiro de 2018 até agora (Foto: Divulgação)

Alvo de reclamação diária da população, animais soltos nas ruas de Imperatriz causam transtornos, com risco de acidentes e transmissão de doenças. O Centro de Zoonoses realiza intensa e permanente fiscalização para retirar das avenidas, praças, terrenos e rodovias animais da área urbana da cidade. Na Pedro Neiva de Santana, avenida que interliga os municípios de Imperatriz a João Lisboa, é a mais “visitada” pelos fiscais, devido à quantidade de animais que circulam nas imediações.

Além do caminhão de captura, a Prefeitura mantém duas carrocinhas, de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h, recolhendo cachorros nas ruas de Imperatriz. Só nos últimos dois dias, 23 animais foram capturados pela Zoonoses.“Nossas equipes de captura estão diuturnamente nas ruas, fazendo recolhimento. Mas a multa para recuperação facilitava. Comparando, o trabalho do Centro de zoonoses estava sendo praticamente enxugar gelo”, ressaltou o coordenador do órgão, Paulo Henrique Soares.

Para resolver o problema, foi publicado essa semana o Decreto Nº009 de 21 de fevereiro de 2018 que regulamenta procedimento para recolhimento, apreensão e controle de animais nas vias e logradouros públicos. A taxa antiga no valor de R$ 65,00 para animais de grande porte, segundo sua avaliação, era baixa e isso contribuía para o alto número de animais encontrados nas vias.

"Só em 2017 foram 380 animais capturados e 86 de janeiro de 2018 até agora. Acredito que com o reajuste, proprietários ficarão mais atentos e diminuiremos a incidência desse problema", pontuou.

De acordo com a nova tabela, as taxas passam a ser:

- R$ 220,68 (duzentos e vinte reais e sessenta e oito centavos) para animais de grande porte como égua e cavalos;

- R$122,60 (cento e vinte e dois reais e sessenta centavos) para animais de médio porte;

- 73,56 (setenta e três reais e cinquenta e seis centavos) para animais de pequeno porte.

Para solicitar os serviços, a população deve entrar em contato pelo (99) 99631-2604. O animal apreendido é colocado no curral do Centro de Zoonoses, onde recebe alimentação e outros cuidados. Para recuperá-lo, o proprietário tem até sete dias, após esse prazo o animal entra em processo de doação.

zoonoses

Apaixone-se por Imperatriz