Saúde

ATENÇÃO BÁSICA

Venezuelanos refugiados recebem assistência odontológica

Objetivo é avaliar a situação bucal dos pacientes e os encaminhá-los para as Unidades Básicas de Saúde

Publicado em: 10/12/2019 por Kalyne Cunha

Secretaria de Saúde

Venezuelanos refugiados recebem assistência odontológica

Ação foi realizada na sede da Fundação Nacional do Índio, Funai, em Imperatriz. (Foto: Arquivo)

A Secretaria Municipal de Saúde, Semus, por meio da coordenação de Saúde Bucal da Atenção Básica, realizou nesta segunda-feira, 9, ação preventiva aos venezuelanos refugiados, no pátio da Fundação Nacional do Índio, Funai. 

A coordenação do Programa Consultório de Rua da Prefeitura detectou a situação dos venezuelanos e acionou a coordenação de saúde bucal. Na oportunidade, foram realizadas orientações de higiene bucal, distribuição de escovas, aplicação de flúor e avaliação clínica. 

Para a coordenadora da Atenção Básica, Sormanne Branco, “as ações desenvolvidas na área de saúde bucal foram intensificadas na gestão do prefeito Assis Ramos. Palestras em escolas e creches  são realizadas durante todo o ano, com objetivo de prevenção  de patologias bucais, além de aplicação de flúor e entrega de kits”.

De acordo com a coordenadora da Higiene Bucal, Amanda Tomich, “detectamos uma carência de higiene bucal em 80% do público examinado. Cerca de 13 índios serão atendidos pelos odontólogos do município e encaminhados às Unidades Básicas de Saúde, UBSs, para a realização dos procedimentos”.

Mesmo com ações eficazes na área de saúde bucal, a coordenadora explicou que a situação dos refugiados não os favorecem para os cuidados da saúde bucal, “pois há uma grande rotatividade de venezuelanos no local, que se mudam constantemente. Enquanto alguns chegam de viagem, outros vão embora, o que impede a sequência do tratamento odontológico”.

Saúde

Apaixone-se por Imperatriz