Saúde

SAÚDE

Rede municipal de saúde mental muda fluxo de atendimento

​​​​​​​Objetivo é dar continuidade aos serviços diante do Plano Municipal de Contingência do novo coronavírus

Publicado em: 24/03/2020 por Kalyne Cunha

Secretaria de Saúde

Rede municipal de saúde mental muda fluxo de atendimento

Objetivo é garantir a oferta dos serviços para pacientes que tenham dúvidas sobre a continuação do seu tratamento e a preservação da vida, diante do quadro de pandemia da Covid-19. (Foto: Edmara Silva)

A Secretaria Municipal de Saúde, Semus, por meio da rede de saúde mental do município informa que devido à pandemia do novo Coronavírus e respeitando a determinação do Ministério da Saúde, decreto municipal nº 23/2020 e atendendo as recomendações do Ministério Público, para evitar aglomerações de pessoas, o Ambulatório de Saúde Mental e o Centro de Atenção Psicossocial, CAPS, Infanto-Juvenil disponibiliza a partir desta segunda-feira, 23, o teleatendimento da Saúde Mental.

O atendimento do  Ambulatório de Saúde Mental funcionará pelos telefones: (99) 99150-8693 / 991930037 e o Caps Infanto- Juvenil: (99) 98187-2288 / 98136-1856 / 98441-1175 / 99193-0037. O tele atendimento será ofertado de segunda à sexta-feira, nos horários de 8 às 12h e das 14 às 17h. De acordo com a coordenadora geral do CAPS, Kátia Carvalho, “objetivo é garantir a oferta dos serviços para pacientes da Rede de Saúde Mental que tenham dúvidas sobre a continuação do seu tratamento e a preservação da vida, diante do quadro de pandemia da Covid-19”.

O CAPS AD - Álcool e outras Drogas e o CAPS 3- Renascer, que funcionam no Complexo de Saúde Anhanguera, continuam em regime de plantão, 24 horas por dia, para as urgências dos pacientes da Rede de Saúde Mental. O atendimento de consultas ambulatoriais e cumprimento Projeto Terapêutico Singular, PTS, serão restabelecidos assim que for estabilizada a situação preventiva contra o Coronavírus.

Saúde

Apaixone-se por Imperatriz