Prevenção

CAMPANHA

Workshop e panfletagem celebram Semana da voz

Programação é direcionada aos profissionais que têm a voz como instrumento de trabalho

Publicado em: 13/04/2018 por Maria Almeida

Secretaria de Saúde

Workshop e panfletagem celebram Semana da voz

Programação é direcionada aos profissionais que têm a voz como instrumento de trabalho (Foto: Divulgação/Rhaysa Novakoski)

Começa na próxima segunda feira, 16, programação em alusão ao dia Mundial da Voz, comemorado em 16 de abril. A abertura das atividades acontece com o IV workshop da voz a realizar-se no auditório do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimento de Ensino de Imperatriz, Steei das 15h às 17h. Abertas à comunidade, palestras serão ministradas pela fonoaudióloga do Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador (CEREST), e visam lembrar os cuidados que se deve ter com o uso da voz.

Programação segue na terça feira, 17, pela manhã, com panfletagem no calçadão com orientações sobre saúde vocal e à tarde com visitas, orientações e distribuição de material educativo nos veículos de comunicação, TV e rádio. No dia 18, cronograma é retomado com palestra no auditório do Senac às 14h e dia 20 com palestra no Caps Bacuri, sobre Saúde Vocal do trabalhador. 

"Nossa programação é direcionada aos profissionais que têm a voz como instrumento de trabalho, principalmente os professores que geralmente são os profissionais que em menos de seis anos de profissão já apresentam problemas com a voz, apontando rouquidão e modificação no timbre como os principais sintomas" - explicou a fonoaudióloga Fernanda Duarte. Ela ressalta que a palestra voltada para os educadores é o início do projeto de prevenção e combate aos agravos que atingem os educadores, a ser desenvolvido durante todo o ano com a classe docente.

Para o secretário de Saúde, Alair Firmiano, "é relevante lembrar os profissionais que o momento serve de reflexão para se falar da saúde vocal, pois os cuidados e a prevenção devem ser realizados diariamente,  para evitar futuros prejuízos ao seu instrumento de trabalho”, alerta. Segundo ele, a maioria das doenças relacionadas à voz podem ser evitadas com ações preventivas, por isso a importância da realização destas campanhas que trabalham na precaução por meio de orientações.

Profissionais Da Voz

Em especial, são considerados profissionais da voz os professores, leiloeiros, cantores, atores, vendedores, ambulantes, advogados, telefonistas, recepcionistas, políticos, líderes religiosos, jornalistas e operadores de telemarketing, entre outros.

Dados revelam que cerca de 70% da população ativa utiliza a voz como instrumento de trabalho e boa parte dela não se atenta para os cuidados que devem tomar no dia a dia. Dicas importantes para estes profissionais incluem não fumar, não gritar ou cochichar, não pigarrear excessivamente, evitar bebidas alcoólicas evitar alimentos que causem azia ou má digestão e evitar também ambientes com muita poeira, mofo ou cheiros fortes.

Prevenção

Apaixone-se por Imperatriz