Habitação

HABITAÇÃO

Atendimento com senha eletrônica facilita inscrições do "Minha Casa Minha Vida"

Interessados têm até 8 de novembro par fazer cadastro no auditório da Secretaria de Saúde

Publicado em: 18/10/2018 por Maria Almeida

Secretaria de Desenvolvimento Social

Atendimento com senha eletrônica facilita inscrições do "Minha Casa Minha Vida"

Estrutura de atendimento atende até 1.000 inscrições por dia. (Foto: Reginaldo Brito)

De forma tranquila e organizada, sem tumulto por parte da população, seguem as inscrições do Programa Minha Casa Minha Vida para o Residencial JK. Processo começou na quarta-feira, 17, no auditório da Secretaria Municipal de Saúde – Avenida Dorival Pinheiro de Sousa Nº 47 - Centro. Até o momento já foram 1.100 cadastrados.

A secretária de Desenvolvimento Social, Janaína Ramos, acompanha a logística constantemente no local. “Devemos assegurar transparência e ordem nos processos, que é uma marca da gestão Assis Ramos, e com isso, garantir, principalmente, atendimento de qualidade à população” – informou. Nas visitas ela procura detectar possíveis falhas técnicas e corrigi-las de imediato.

De acordo com ela, estrutura de atendimento atende até 1.000 inscrições por dia. A secretária afirma que o sistema de triagem para comprovação documental e cadastro de senhas com o CPF do candidato e chamada eletrônica similar à rotina de atendimento bancário, tem garantido fluidez ao processo. "Interessados em participar do programa habitacional e que atendem os pré-requisitos exigidos podem nos procurar até dia 8 de novembro que serão atendidos” – ressaltou Janaina Ramos.

DOS CRITÉRIOS PARA PARTICIPAÇÃO DO SORTEIO:

Renda mensal Familiar de até R$ 1.800,00;

Comprovar que reside no município há no mínimo 3 anos;

Famílias com filhos menores de 18 anos que residem com o candidato;

Mulheres responsáveis pela unidade familiar;

Famílias que possuem idoso componente do ambiente familiar (Idoso deve constar na folha resumo);

Pessoas Com Deficiência / deficiente Integrante da família: Apresentar atestado médico com CID (Classificação Internacional de Doença);

Pessoas em Área De Risco: Apresentar vistoria da Defesa Civil e/ou Documento da Regularização Fundiária no caso de residir em Área Preservação permanente (APP);

Famílias em situação De Coabitação: comprovação será por autodeclaração do candidato;

Famílias Monoparentais: Comprovação por documentos de filiação e documento oficial emitido pela justiça que comprove a guarda.

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA A INSCRIÇÃO DO CANDIDATO

Apresentar, no ato da inscrição, ORIGINAL E CÓPIA dos seguintes documentos:

Carteira de Identidade e CPF – do CANDIDATO e do Cônjuge ou companheiro, se houver.

Prova de estado civil: certidão de nascimento, certidão de casamento, certidão de casamento averbada da separação/divórcio, conforme o caso.

Comprovante de residência (Caema, Cemar, Comprovante de locação)

Folha resumo atualizada do Cadastro Único – NIS;

Comprovação de renda familiar mensal – (Carteira de trabalho, Contra Cheque).

Documentos dos filhos e das pessoas que são membros da família.

QUEM JÁ ESTÁ NO CADASTRO ÚNICO/ BOLSA FAMÍLIA - Retirar folha resumo no CRAS mais próximo da sua residência - E QUEM NÃO É CADASTRADO - Dirigi-se ao CRAS mais próximo de sua residência e solicitar a inclusão no CADASTRO ÚNICO. A inscrição será realizada mediante comprovação do NIS no Município de Imperatriz.

Habitação

Apaixone-se por Imperatriz