Defesa Civil

SEGURANÇA

Defesa Civil alerta sobre perigo em praias sem vigilância

Banhistas devem ficar atentos aos riscos de acidentes e afogamento

Publicado em: 14/09/2018 por Francisco Lima

Superintendência de Defesa Civil

Defesa Civil alerta sobre perigo em praias sem vigilância

Defesa Civil orienta sobre os riscos de acidentes e afogamento nas praias sem vigilância (Foto: Defesa Civil)

A Superintendência Municipal de Proteção e Defesa Civil continua de prontidão monitorando as águas do rio Tocantins, em Imperatriz. De acordo com o órgão, nível do rio voltou a subir para -1.57 metros cúbicos abaixo de zero, e vazão registrada foi de 1.595,45 m³/s, nesta sexta-feira, 14. Desde o último dia 4, quando chegou ao nível mais crítico, houve aumento de mais de um metro no volume de água.

Josiano Galvão, superintendente da Defesa Civil, informa que equipe do órgão permanece diariamente nas áreas de banhos das praias do Cacau e do Meio, orientando público sobre os riscos de acidentes e afogamento.

“A temporada de praias chegou ao fim, e algumas pessoas insistem em frequentar as áreas de banhos sem qualquer estrutura de segurança, ficando, o banhista, vulnerável a imprevistos ou fatalidades”, ressalta.

Segundo ele, das 50 barracas instaladas na Praia do Cacau, 60% foram removidas. “Área está ficando cada dia mais deserta e os riscos, sem vigilância, aumentando ainda mais”, avalia.

De acordo com monitoramento da Defesa Civil, as previsões de vazão do Rio Tocantins serão de 1.314,52 m³/s para 24h, 1.166,29 m³/s para 48h e 1.092,22 m³/s para 72h. Demais informações também podem ser obtidas via WhatsApp pelo número (99) 99152-0832. (Colaboração Hidalgo Nava)

Defesa Civil

Apaixone-se por Imperatriz