Cultura

APRENDIZADO

Realizada oficina sobre edital de culturas populares

Além de Imperatriz, municípios de São Luís e Timon também receberão preparatório

Publicado em: 17/05/2018 por João Rodrigues

Fundação Cultural de Imperatriz

Realizada oficina sobre edital de culturas populares

Inscrições para o Edital de Culturas Populares terminam em 13 de junho (Foto: Edmara Silva)

A Fundação Cultural de Imperatriz, recebeu na tarde desta quarta-feira, 16, oficina preparatória para a 6ª Edição do Edital Culturas Populares. Evento foi realizado em atendimento a pleitos da pasta municipal presidida pelo presidente da FCI, José Carneiro Buzuca. Medida serviu para esclarecer dúvidas aos organizadores de atividades culturais e evitar erros no processo de inscrição.

“A gente entrou em contato com o pessoal do Ministério da Cultura e hoje está sendo realizada uma oficina na Fundação Cultural, que agora tem estrutura para receber eventos, com participação de vários grupos da região, que nós convidamos”, destacou Buzuca. “O Ministério da Cultura vai premiar 500 grupos no Brasil, e, Imperatriz foi uma das cidades escolhidas para receber esta oficina, para que as pessoas possam se credenciar e concorrer a esses prêmios”, complementou. Serão R$ 10 milhões em prêmios, sendo R$ 20 mil por grupo.

De acordo com o assessor de comunicação do Ministério da Cultura, Daniel Lacerda, a intenção é obter "uma parceria com essas pessoas que fazem cultura para que elas possam ministrar e compartilhar as informações com quem não esteve na reunião". Ele destacou que a participação no edital demonstra a contribuição para a cultura local.

Líder da Junina "Vai e Vem”, com 33 anos de atuação em Imperatriz e região, Paulo Silva Santos enfatiza que a oficina foi muito importante e rica de conhecimentos. “É um incentivo dado para a cultura que a gente não estava tendo. A gente acompanha para poder passar aos demais integrantes do grupo".

Geovane Silva Campos, neto e herdeiro do legado da avó, Dona Francisca do Lindô, do Bairro Santa Inês, pontua que a oficina foi uma oportunidade única de conhecer mais sobre o edital de cultura popular. “É muito gratificante, é uma aprendizagem que a Fundação Cultural está nos oferecendo, para tirarmos dúvidas e informar sobre os benefícios proporcionados aos grupos”, reconheceu o jovem. Ele ficou emocionado ao saber que, pela diferença de apenas dois votos, sua avó não foi homenageada pelo Ministério da Cultura.

Inscrições

Daniel Lacerda adiantou que as inscrições para o Edital de Culturas Populares terminam em 13 de junho, tanto pelo site do MinC quanto pelos Correios. Além de Imperatriz, recebem a oficina preparatória, ainda, este mês, os municípios de São Luís e Timon. Ele estacou que o edital é voltado aos produtores de cultura popular, mas, no caso de grandes eventos culturais, a competência não é mais da Secretaria da Cultura e Diversidade Cultural, responsável pelo edital. A orientação é que as pessoas desses eventos busquem o apoio da Lei Rouanet, que permite maiores captações de recursos. 

Cultura

Apaixone-se por Imperatriz