Blog

Nossa Gente

Liratelma Cerqueira, mulher pioneira

É membro da Academia Imperatrizense de Letras ocupando a cadeira 39.

Publicado em: 08/03/2018 por Domingos Cezar

A professora Liratelma Alves Cerqueira é símbolo do pioneirismo na educação superior em Imperatriz. Chegou à cidade, oriunda de Cajazeiras (PB), sua terra natal, atendendo convite do juiz e educador José de Ribamar Fiquene, para iniciar os trabalhos de implantação do Centro de Estudos Superiores de Imperatriz – CESI/UEMA, hoje UemaSul.

Por intermédio da Uema, fez especialização em Metodologia do Ensino Superior (FESM/UFPR), Morfologia e Sintaxe de Português (UFPI), Linguística Aplicada ao Ensino de Português (PUC/MG), Mestrado em Ciências da Educação (Uema/Iplac-Cuba).

Foi, durante 14 anos, chefe do Departamento de Letras do CESI/UEMA e em 1998 foi nomeada diretora do Campus da UEMA, que lhe oportunizou a realização de significativas melhorias no Centro, com ampliação de espaço físico, salas de aulas, laboratório de Química, Biologia e Informática.

Como conselheira dos órgãos supervisores da universidade, colaborou com questões inerentes ao centro de ensino superior. Participou das comissões de elaboração de projetos de implantação dos cursos superiores ali existentes, e projetos de extensão universitária para outros municípios.

Produz textos para fundamentar suas atividades acadêmico-docentes, onde revela sua convicção pela polêmica das questões linguísticas, sobretudo a da prática pedagógica sobre a linguagem. É membro da Academia Imperatrizense de Letras (vice-presidente) ocupando a cadeira 39.

Nossa Gente

Apaixone-se por Imperatriz